Graduação em Pedagogia

Banner Curso de Pedagogia

A maior demanda para o profissional Pedagogo ainda está concentrada em instituições escolares, na Gestão, Coordenação Pedagógica, Docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal e, em cursos de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar.

Contudo, o campo de atuação não se restringe em atividade escolar, pois, conforme cita as Diretrizes Curriculares Nacionais, qualquer área que sejam previstos conhecimentos pedagógicos, expressando a ampla possibilidade de formação e atuação do profissional da educação no âmbito empresarial visando os processos de planejamento, capacitação, treinamento do corpo funcional da empresa. O papel do pedagogo empresarial visa criar um ambiente organizacional que contribua na formação do trabalhador pensante, criativo, pró-ativo, flexível, com habilidade para resolução de problemas e tomada de decisões e capacidade de trabalho em equipe.

O Curso de Pedagogia da IDAAM tem como objetivo geral a formação de profissionais aptos à docência na Educação Infantil, nos anos iniciais do Ensino Fundamental, nas disciplinas pedagógicas do Ensino Médio, modalidade Normal e em cursos de formação profissional, na área de serviços e apoio escolar, como também em outras áreas em que estejam previstos conhecimentos pedagógicos.

Andragogia: o método IDAAM de Ensino e Aprendizagem

Andragogia (do grego:andros- adulto e gogos- educar) significa a atividade de ensinar aos adultos. É o método de ensino e aprendizagem utilizado nas FACULDADES IDAAM.

O cerne da andragogia é o aprendizado baseado na aplicabilidade dos conteúdos e na solução de problemas, com um aprendizado de valor imediato construído pelo próprio aluno, ao tomar consciência do que necessita saber e do quanto precisa se esforçar para adquirir o conhecimento que lhe falta. 

 

Podemos dizer que na Andragogia o indivíduo é convidado a ser o gestor do seu processo educacional, tendo a instituição como apoio e suporte para a ação de aprendizagem, ao desafiá-lo com problemas reais – tanto da área técnica quanto de relacionamentos interpessoais.

A instituição, no caso, funciona como um ambiente de aprendizagem no qual é criado todo um sistema orgânico desse processo, passando pela disponibilização do conteúdo básico, a orientação dos professores-facilitadores, as dinâmicas de aprendizagem e soluções de problemas. O aluno é convidado a ser sujeito ativo no processo, direcionando sua necessidade de informação para a aprendizagem no grupo e também pelo estímulo à disciplina do autodidatismo fora do ambiente da instituição. 

método andragogia  

A troca de experiências e a horizontalidade são estimuladas, sendo que cada aluno possui uma contribuição efetiva para o coletivo. Todos compartilham conceitos e vivências, sendo sujeitos ativos no processo. Este novo papel do aluno desenvolve seu potencial de decisão, reforça sua identidade e liderança, marca mudança de atitude e maturidade, atribuindo novos significados à sua personalidade e capacidade profissional.

As 6 perguntas que um estudante adulto faz antes de começar a estudar um assunto? 

 

A educação para adultos tem suas especificidades e, por isso, funciona melhor quando são respeitados alguns princípios.

Os princípios da Andragogia são:

  • Autodirecionamento: com a maturidade, o adulto passa a preferir direcionar seu aprendizado. Por isso, gosta de entender o porquê da necessidade de aprender algo.
  • Uso da experiência: os adultos gostam de aplicar os resultados de suas experiências prévias e daquilo que estudaram anteriormente na construção do conhecimento em sala de aula.
  • Aplicação: a motivação de um adulto vem da percepção de que pode aplicar o que está estudando, seja no trabalho ou na sua vida pessoal, imediatamente.
  • PBL: os conteúdos ministrados aos adultos devem estar organizados em torno de problemas que ele deve ser capaz de resolver e não em unidades didáticas. A Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) é a metodologia de ensino mais adequada para a educação de adultos.
  • LOC: no ensino para adultos, a motivação de aprender do adulto é interna. Deve-se despertar o interesse dele em aprender. Por esta característica, diz-se que o Local of Control - LOC é interno. A automotivação é a chave da educação continuada.
  • Ambiente informal: ao contrário do sistema bancário, no qual o aluno senta e recebe passivamente o conteúdo do professor, como se o mesmo fosse o único detentor do conhecimento, na Andragogia o professor é um facilitador que direciona as atividades e estimula o debate e a troca de conhecimento, de forma que o aluno descubra que suas experiências são também uma forma de aprendizagem coletiva para si e os demais.
  • Fontes de consulta facilmente disponíveis: o uso de fontes acessíveis, como periódicos, artigos e outras plataformas digitais é estimulado. Hoje em dia existe um conteúdo rico e confiável na internet, o que possibilitou uma revolução na educação nos últimos anos. Assim, cada aluno pode fomentar a disciplina para o autodidatismo e alimentar a própria curiosidade sobre o tema, aprofundando os seus estudos no próprio ritmo e até trazendo novos questionamentos para a sala de aula.
  • Uso de dinâmicas de grupos: o mercado de trabalho exige que se saiba trabalhar com pessoas, relacionar-se sadiamente e produtivamente. A Andragogia estimula essa educação social para o convívio produtivo entre grupos com o uso de dinâmicas nas quais o aprendizado é compartilhado em tarefas cooperativas em equipes. O indivíduo aprende que o grupo possui um objetivo e que ele é maior que os interesses individuais.
  • Avaliação participativa: alunos participam do planejamento, são incentivados a direcionar o curso, a moldar as necessidades de cada disciplina com conteúdos de aplicação prática, contribuindo também com a avaliação de si mesmos e dos colegas (peer-to-peer) para a construção do conhecimento, valorizando sempre a experiência como fonte de aprendizagem. 

metodologia

 

Qualidade, preço e localização

Com localização privilegiada na Av. Djalma Batista, área estratégica em Manaus, o IDAAM oferece infraestrutura moderna de salas de aula e estacionamento próprio para seus alunos, além de segurança e comodidade pelo melhor preço do mercado. Tudo isso na Av. Djalma Batista, 1719 Ed. Atlantic Tower Torre Business, 16º andar CEP 69050-010 Manaus/AM.

Mapa das Faculdades IDAAM

Conteúdos atualizados com as exigências do mercado de trabalho

Sempre de olho nas atuais tendências metodológicas e do mercado de trabalho, O IDAAM oferece o que há de mais moderno em termos de conhecimento e exigências das empresas que demandam os melhores profissionais. Nossos consultores e parceiros são empresas de renome mundial e nacional, assim como nossos professores são profissionais com titulação acadêmica e experiência de mercado.

Corpo Docente de referência no mercado

Nosso corpo docente é composto de profissionais de referência no mercado de trabalho local, formado em sua maioria por mestres e doutores que, além de possuírem um ótimo currículo acadêmico, são profissionais de destaque em suas respectivas áreas. Esta sempre foi uma das preocupações do IDAAM: buscar a excelência do seu corpo docente para que a formação dos alunos seja mais adequada à realidade do mercado de trabalho e, para que os estudantes saiam preparados para atuar como profissionais de destaque, principalmente em cargos de média e alta gerência.

Orientação profissional personalizada

A Orientação Profissional é a análise detalhada dos pontos fortes, habilidades e interesses do aluno, avaliados em um diagnóstico extensivo que em conjunto a reuniões com profissionais de coaching norteará a construção de uma carreira sólida e orientada para o sucesso.

A orientação profissional amplia a visão do aluno sobre o mercado de trabalho e indica os esforços necessários para a consolidação de um currículo competitivo que possibilite ao aluno atingir os seus objetivos profissionais.

Secretaria Eletrônica

Faça seus requerimentos pela internet, via plataforma Moodle pela Secretaria Eletrônica na comodidade da sua casa ou mesmo no trabalho, e solicite reposições de disciplinas, declarações, comprovantes de matrícula e demais documentos acadêmicos.

Foco total na Empregabilidade

A empregabilidade diz respeito à adequação do profissional às competências exigidas pelo mercado de trabalho. No IDAAM, o aluno encontra as oportunidades para desenvolver em sala de aula as competências técnicas e as comportamentais exigidas pelas empresas. Estratégias como o uso de laudos comportamentais, personal coaching, banco de currículos, ciclos de palestras, jogos de negócios e metodologias serious play antecipam para o aluno, ainda no ambiente controlado de sala de aula, situações corriqueiras do dia-a-dia do trabalho.

Ciclo de palestras

Oferecemos periodicamente palestras abertas ao público. São temas de interesse da sociedade, com professores e profissionais de destaque no mercado – em uma oportunidade única de você aprender mais. As palestras são gratuitas e dão direito a certificado.

Desenvolvimento de Competências Comportamentais

Em paralelo ao desenvolvimento das competências técnicas, a partir dos treinamentos, aulas e atividades que desenvolvem os conhecimentos técnicos, o IDAAM oferece atividades para desenvolvimento das competências comportamentais dos alunos. As competências prioritárias a serem trabalhadas são:

Desenvolvimento de competências comportamentais

PBL

O Aprendizado Baseado em Problemas (Problem Based Learning - PBL), destaca o uso de um contexto profissional para o aprendizado, promove o desenvolvimento da habilidade de trabalhar em grupo, e também estimula o estudo individual, de acordo com os interesses e o ritmo de cada estudante. O aprendizado passa a ser centrado no aluno, que sai do papel de receptor passivo, para o de agente e principal responsável pelo seu aprendizado.

A metodologia do PBL enfatiza o aprendizado autodirigido, centrado no estudante. Grupos de até 6 estudantes se reúnem com um docente periodicamente. O professor não "ensina" da maneira tradicional, mas facilita a discussão dos alunos, conduzindo-a quando necessário e indicando os recursos didáticos úteis para cada situação.

Uma sessão tutorial inicial trabalha os conhecimentos prévios dos estudantes sobre o assunto apresentado; os problemas são primeiramente identificados e listados, e em seguida são formulados os objetivos de aprendizado, com base em tópicos considerados úteis para o esclarecimento e a resolução do problema proposto. Na etapa seguinte os estudantes vão trabalhar independentemente, na busca de informações e na sua elaboração (estudo autodirigido) antes da próxima sessão tutorial, quando as informações trazidas por todos serão discutidas e integradas no contexto do caso-problema.

Andragogia

Business Games

Os business games são jogos eletrônicos de simulação que são usados como ferramentas educacionais para treinamento em gestão. Os jogos de negócios podem ser usados para vários treinamentos em diversos cursos como: gestão de marketing, finanças, comportamento organizacional, recursos humanos, etc.

Os Business games são atividades inovadoras de aprendizado através de ferramentas computacionais que promovem a educação de executivos através da modelagem de situações similares às encontradas no dia-a-dia das empresas e que testam o nosso discernimento e capacidade de decidir corretamente.

Jogos Cooperativos

Jogos Cooperativos

O jogo com estrutura cooperativa baseia-se no esforço de todos para se atingir um objetivo comum. O foco é no processo e não no resultado. É proposta uma meta, um desafio, para que o grupo tente alcançar junto. Para isso o grupo deve desenvolver estratégias e considerar as regras previamente estabelecidas por quem coordena o desenvolvimento do jogo. Uma característica básica do jogo cooperativo é que ninguém fica excluído e se a meta for alcançada todos são vencedores. Os jogos cooperativos são um meio extremamente poderoso de formar o comportamento. Dessa forma as vivências proporcionadas trazem inúmeros ganhos ao participante:

  • Eliminação da pressão e tensão que a competição produz;
  • Desenvolvimento da autoconfiança e confiança nos outros;
  • Desenvolvimento de empatia;
  • Permissão para que o sucesso seja compartilhado;
  • Melhoria da comunicação e resolução de problemas;
  • Desenvolvimento da criatividade para superar limites;
  • Eliminação do medo e do sentimento de fracasso;
  • Participação e coesão grupal;
  • Desenvolvimento da perseverança face às dificuldades;
  • Estabelecimento de ligações entre a atuação no jogo e no cotidiano;
  • Aumento do comprometimento com o “fazer coletivo”

Learning by Doing

A filosofia learning by doing tem como base o aprender a fazer "fazendo". Mais do que dominar a teoria por de trás de uma habilidade ou técnica, o aluno é convidado a aprender a solucionar problemas diante de uma experiência de aprendizagem estimulante e realmente significativa. São três passos: no primeiro passo, o aluno participa da prática de uma simulação de experiência relativa aos processos das empresas ou escolas. No segundo passo, o professor atuando como mediador usa o método learning by doing para ajudar o aluno a dominar as ferramentas necessárias à solução do problema em questão. No terceiro passo o aluno é convidado a estender tais habilidades para a solução de diversas outras situações do dia-a-dia do trabalho.Listam-se abaixo algumas competências que podem ser desenvolvidas por este método.

Learning by Doing

Período Componentes Curriculares Carga Horária

Cultura e Sociedade 40
Comunicação e Expressão 40
Fundamentos Teórico-Metodológicos da Educação Infantil 80
Psicologia do Desenvolvimento 80
Metodologias Alternativas para a Educação Infantil 80
Filosofia da Educação 80
Atividades Complementares I 25

Fundamentos e Métodos da Alfabetização 120
Sociologia da Educação 80
Saúde, Nutrição e Proteção à Criança 80
Metodologia da Pesquisa 40
Didática: Conhecimento 80
Atividades Complementares II 25

psicologia da Aprendizagem 80
História da Educação 80
Fundamentos e Métodos da Língua Portuguesa 80
Fundamentos e Métodos da Matemática 80
Didática: Planejamento da Prática Docente 80
Atividades Complementares III 25

Tecnologias da Educação 80
Fundamentos e Métodos das Ciências Naturais 80
Fundamentos e Métodos do Ensino da História e da Geografia 80
Fundamentos e Métodos da Arte da Educação 80
Estágio Supervisionado em Educação Infantil 80
Atividades Complementares IV 25

Fundamentos do Lazer e Recreação 80
Fundamentos e Metodologia do Ensino Médio 80
Didática: Procedimentos Metodológicos e Avaliação Escolar 80
Políticas Educacionais e Organização da Educação Básica 40
Organização do Trabalho Pedagógico 40
Estágio Supervisionado nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental 80
Atividades Complementares V 25

Fundamentos e Métodos da Educação para Jovens e Adultos 80
Currículo, Concepção e Construção 80
Fundamentos de Psicopedagogia 40
Pesquisa Educacional 40
Diversidade e Inclusão Social 40
Coordenação Pedagógica Educacional 40
Estágio Supervisionado nos Anos Finais do Ensino Fundamental 80
Atividade Complementar VI 25

Fundamentos e Métodos de Educação para Portadores de Necessidades Especiais 80
Linguagem Brasileira de Sinais - LIBRAS 40
Gestão Educacional 80
Fundamentos e Métodos da Educação a Distância  40
Tópicos Integradores em Pedagogia 40
Seminários de Práticas Pedagógicas I 40
Estágio Supervisionado em Educação de Jovens e Adultos 80
Atividades Complementares VII 25

Coordenação Pedagógica em Espaços Não Escolares 40
Design Educacional 80
Laboratório de Aprendizagem Ativa 40
Direitos Humanos 40
Educação Ambiental 40
Eletiva 40
Seminários de Práticas Pedagógicas II 40
Estágio Supervisionado em Gestão Escolar 80
Atividades Complementares VIII 25

  Total Geral 3400




FACULDADES IDAAM 2018. Todos os conteúdos estão licenciados sob a cc-by-sa-3.0, exceto quando especificado em contrário e nos conteúdos replicados de outras fontes.